domingo, 10 de junho de 2018

Reflexão.

Deixo esso post para refletir sobre tudo e todas as coisas, seja político, filosófico, até religioso menos futebol (risos). A música abaixo ilustra o que estou dizendo nestas poucas linhas.



Tempos Difíceis [Troubled Times]

Que bem faz o amor e a paz na Terra
Se eles são exclusivos?
Onde é que está a verdade na palavra escrita
Se ninguém a lê?

Um novo dia está nascendo
Ele vem sem avisar
Então não pense duas vezes

Vivemos em tempos difíceis
Vivemos em tempos difíceis

Qual foi a parte da história que nós aprendemos
Quando ela só se repete?
Algumas coisas nunca vão ser superadas
Se nós não as buscarmos

O mundo para de girar
O Paraíso está queimando
Então não pense duas vezes

Vivemos em tempos difíceis
Vivemos em tempos difíceis
Vivemos em tempos difíceis

Nós corremos por abrigo
Como se um arranha-céu estivesse caindo
E então eu vagueio como uma mente perturbada

Que bem faz o amor e a paz na Terra
Quando eles são exclusivos?
Onde é que está a verdade na palavra escrita
Se ninguém a lê?

Um novo dia está nascendo
Ele vem sem avisar
Então não olhe duas vezes

Vivemos em tempos difíceis
Vivemos em tempos difíceis
Vivemos em tempos difíceis

Vivemos em tempos difíceis
Vivemos em tempos difíceis
Vivemos em tempos difíceis

domingo, 3 de junho de 2018

Livro Dicionário da Escravidão e Liberdade - Lilia M. Schwarcz e Flávio Gomes.


Cinquenta verbetes escritos por grandes especialistas e que compõem um panorama abrangente de como a escravidão se enraizou perversamente em nosso cotidiano.“Embora prefiram ‘escravidão’ a ‘escravidões’, a meia centena de ensaios concisos que Lilia Moritz Schwarcz e Flávio dos Santos Gomes reuniram neste volume, com título e intenção de ser um dicionário temático, mostra a grande quantidade de faces que compõem o que é um poliedro em movimento. Cada um desses textos convida a novos textos, a novas pesquisas, a aprofundamentos, a novas comparações e a contestações. Não faltam neste livro parágrafos sobre a espera, a busca e a obtenção da liberdade. Sobre a liberdade como antônimo de escravidão, mas que com ela coexiste para a ela se opor. Se estes ensaios nos dizem que o passado é sem esperança de conserto, eles não nos deixam esquecer que não há sombra sem luz.”Do prefácio de Alberto da Costa e Silva.

domingo, 27 de maio de 2018

Livro Manuscrito Encontrado Em Accra - Paulo Coelho.


14 de julho de 1099. Enquanto Jerusalém se prepara para a invasão dos cruzados, um grego conhecido como Copta convoca uma reunião com os jovens e velhos, homens e mulheres da cidade. A multidão formada por cristãos, judeus e muçulmanos chega à praça achando que irá ouvir uma preleção sobre como se preparar para o combate, mas não é isso que o Copta tem a lhe dizer. Tudo indica que a derrota é iminente, mas o grego só quer instigar as pessoas a buscarem a sabedoria existente em sua vida cotidiana, forjada a partir dos desafios e dificuldades que têm de enfrentar. O verdadeiro conhecimento, acredita, está nos amores vividos, nas perdas sofridas, nos momentos de crise e de glória e na convivência diária com a inevitabilidade da morte. Na tradição de O Profeta, de Khalil Gibran, o Manuscrito encontrado em Accra, de Paulo Coelho, é um convite à reflexão sobre nossos princípios e nossa humanidade.

Opnião
Para começar, é importante dizer que “Manuscrito Encontrado em Accra” é uma adaptação feita pelo autor a partir de peças originais descobertas no ano de 1945, em uma caverna na região do Alto Egito. Diferentemente do que alguns possam pensar, adaptar um texto literário não é o mesmo que traduzir um documento, meramente. É necessário estar sintonizado com suas linhas, o que, na minha opinião, faz de Paulo Coelho um dos mais, se não o mais indicado para esta tarefa em particular. Os temas apresentados estão mais do que de acordo com a sua filosofia, o que pode-se comprovar a partir da leitura de seus tomos anteriores.

INVASÃO DOS CRUZADOS

O prefácio, única parte, creio, que foi tecido originalmente pelo escritor, é curto e mostra a que veio. Serve para nos situar dentro do universo que será apresentado ao longo das demais 173 páginas.


Os acontecimentos apresentados no “Manuscrito” ocorrem todos em um único dia: 14 de julho de 1099, na cidade de Accra, ou Acre, atualmente pertencente ao estado de Israel, na noite anterior à invasão das forças cruzadas francesas durante a Idade Média, um ataque que, ao raiar do sol, vitimaria centenas de moradores, entre militares e civis.

Eixo de convergência – Em Acre então viviam em harmonia cristãos, judeus e muçulmanos, ou seja, era um ponto de reunião pacífica das principais correntes religiosas do mundo ocidental. Dentre esses personagens, surge o protagonista, um erudito grego chamando aqui apenas de Copta. A Grécia era, então, conhecida pela sua tradição de homens e mulheres sábios e letrados, filósofos questionadores, que por não pertencerem oficialmente a nenhuma das três religiões podiam enxergá-las com um olhar mais crítico.

Na véspera da invasão, quando não havia mais esperança, os habitantes de Acre se juntam diante do Copta para debater sobre questões fundamentais “da vida, do universo e de tudo mais”, e quem as responde é justamente o grego, que por ser um estrangeiro tinha o distanciamento e a sagacidade necessários para beber das filosofias judaica, cristã e muçulmana e traduzi-las sem a imposição dos dogmas normalmente apresentados pelos clérigos.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

“Manuscrito Encontrado em Accra” toma a forma, portanto, de um diálogo em que os desesperados moradores da cidade fazem perguntas ao Copta e escutam pacientemente suas respostas. Todas essas respostas são carregadas de conhecimento não necessariamente religioso, mas espiritual.

Enquanto ele falava, certos escribas anônimos anotavam suas frases, e foi assim que o original chegou às nossas mãos.

domingo, 20 de maio de 2018

Indicações Literárias Especial Madelaine L' Engle.



Uma dobra no tempo

Um clássico da fantasia e da ficção científica emerge!

Era uma noite escura e tempestuosa; a jovem Meg Murry e seu irmão mais novo, Charles Wallace, descem para fazer um lanche tardio quando recebem a visita de uma figura muito peculiar.

“Noites loucas são a minha glória”, diz a estranha misteriosa. “Foi só uma lufada que me pegou de jeito e me tirou da rota. Descansarei um pouco e seguirei meu rumo. Por falar em rumos, meu doce, saiba que o tesserato existe, sim.”

O que seria um tesserato? O pai de Meg bem andava experimentando com a quinta dimensão quando desapareceu misteriosamente... Agora, com a ajuda de três criaturas muito peculiares, chegou o momento de Meg, seu amigo Calvin e Charles Wallace partirem em uma jornada para resgatá-lo. Uma jornada perigosa pelo tempo e o espaço.
Uma dobra no tempo é uma aventura clássica, que serviu de inspiração para os mestres da fantasia e da ficção científica do mundo, agora adaptada para os cinemas pela Disney. Junte-se à família Murray nesta jornada, entre criaturas fantásticas e novos mundos jamais imaginados.

Um vento na porta

Charles Wallace está em perigo. E o mundo todo também.
Quando a família Murry pensava que os problemas haviam terminado, um novo desafio surge. Charles Wallace agora tem seis anos de idade e na escola o menino se tornou um problema. Sofrendo bullying constante, Meg acha que o novo diretor da escola deveria ser responsável pelo menino, mas Charles Wallace fica terrivelmente doente antes que ela possa ajudá-lo.
Mas há algo estranho acontecendo. Charles Wallace diz a Meg que há dragões no quintal de casa e ela descobre que os dragões na verdade são Proginoskes, querubins feitos de asas, vento e chamas. E mais uma vez este é só o começo de uma nova aventura, onde Meg e seu amigo Calvin precisam correr contra o tempo para salvar seu irmãozinho. E, para fazer isso, eles devem partir em uma viagem para dentro do corpo do menino e lutar para restaurar a brilhante harmonia do universo.
Junte-se a Meg, Calvin e Charles Wallace nesta nova aventura repleta de seres incomuns, mundos novos e muitos heróis que precisam ultrapassar seus medos para salvar o mundo!


Um planeta em seu giro veloz

Um unicórnio, um menino e o vento, juntos em uma só velocidade! Quando Charles Wallace Murry, agora com quinze anos, grita em desespero a invocação de uma antiga runa para afastar a escuridão, uma criatura radiante aparece. É Gaudior, unicórnio e viajante do tempo. Charles Wallace e Gaudior devem viajar até o passado através dos ventos do tempo e tentar encontrar um Pode-Ter-Sido, um momento do passado em que todos os eventos que se seguiram até o presente podem ser mudados, e o futuro da Terra – esse pequeno planeta em seu giro veloz – pode ser salvo.

Os outros titulos da coleção serão publicados no Brasil em breve.

domingo, 13 de maio de 2018

Cine Pipoca #012


Olá, deixo aqui as melhores indicações de filme deste semestre. Destacando o filme 'oito mulheres e um segredo' pelo elenco incrível. Diversão garantida!





Também poderá gostar de: Cine Pipoca #011

domingo, 6 de maio de 2018

Livro: Os Judeus Que Construíram o Brasil - Anita Novinsky.


Um capítulo escondido do Brasil. Uma passagem mantida em sigilo. Um passado que envergonha a todos- a fatídica história da Inquisição portuguesa que transferiu para a colônia a perseguição aos judeus. Discriminação, racismo, mortes. Esta é a grande revelação que traz o livro "Os judeus que construíram o Brasil" - fontes inéditas para uma nova visão da história. Resultado de pesquisas realizadas em todo o mundo e, em especial, no até então secreto arquivo do Santo Ofício da Inquisição, esta obra mostra como os judeus e os cristãos novos foram perseguidos nos séculos XVI, XVII e XVIII. A Inquisição contra os judeus foi autorizada pelo Papa e começou em 1478 na Espanha e em 1536 em Portugal. Mas só no final do século XVI, em 1591, os portugueses mandaram quadros para o Brasil a fim de vigiar e perseguir os judeus. Distante da Europa, o país foi o destino de muitos convertidos, os cristãos-novos. Neste livro, as historiadoras Anita Novinsky, Daniela Levy, Eneide Ribeiro e Lina Gorenstein contam como a Inquisição prendeu mais de mil pessoas, sendo que 29 morreram, além de provocar o desaparecimento de outras mil e de arruinar com famílias em todo o país.


domingo, 22 de abril de 2018

Livro: Direto de Washington - W. Olivetto Por Ele Mesmo.


Washington Olivetto é um dos maiores publicitários brasileiros, criador de algumas das mais marcantes, emocionantes e divertidas campanhas da propaganda nacional. Neste livro ele conta algumas histórias que ajudam a compreender como o grande publicitário criou o seu melhor personagem: ele próprio. Washington Olivetto é o publicitário que não quis ser apenas um grande publicitário. Resolveu ser um homem de negócios que se transformou num pop star. Ganhou o primeiro Leão de Ouro do Brasil em Cannes, conquistou todos os prêmios da publicidade mundial, entrou para o Guinness Book of Records, inspirou personagem de novela, virou letra de músicas de sucesso, nome de pratos em restaurantes famosos, selo do correio do seu país, vice-presidente do seu time de futebol, cidadão carioca sendo paulista, commendatore italiano sendo brasileiro. Washington Olivetto está no Lifetime Achievement do Clio e foi o primeiro não anglo-saxão a entrar para o Hall of Fame do One Club de Nova York.


domingo, 15 de abril de 2018

Trailer de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald.


Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, da Warner Bros. Pictures, é a segunda das cinco novas aventuras do Mundo Bruxo de J.K. Rowling.

No final do primeiro filme, o poderoso mago das trevas Gellert Grindelwald (Johnny Depp) foi capturado pelo MACUSA (Congresso Mágico dos Estados Unidos da América) com a ajuda de Newt Scamander (Eddie Redmayne). Contudo, cumprindo sua promessa, Grindelwald fugiu da prisão e passou a reunir seguidores que, na maioria dos casos, desconheciam suas verdadeiras intenções: criar magos de sangue puro para dominar todos os seres não mágicos.

Na tentativa de frustrar os planos de Grindelwald, Albus Dumbledore (Jude Law) recruta seu ex-aluno Newt Scamander, que concorda em ajudá-lo, sem saber dos perigos que enfrentará pelo caminho. Dois lados se enfrentam, à medida que o amor e a lealdade são postos à prova, até mesmo entre amigos e famílias, em um mundo de bruxaria cada vez mais dividido.

O filme é estrelado por Eddie Redmayne, Katherine Waterston, Dan Fogler, Alison Sudol e Ezra Miller, com Jude Law e Johnny Depp. O elenco ainda inclui Zoë Kravitz, Callum Turner, Claudia Kim, William Nadylam, Kevin Guthrie, Carmen Ejogo e Poppy Corby-Tuech.

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald é dirigido por David Yates, a partir de um roteiro de J.K. Rowling. O filme é produzido por David Heyman, J.K. Rowling, Steve Kloves e Lionel Wigram.

Com estreia marcada para 16 de novembro de 2018, o filme será distribuído mundialmente em versões 2D e 3D, em salas selecionadas; e IMAX, pela Warner Bros. Pictures, uma empresa da Warner Bros. Entertainment.

domingo, 8 de abril de 2018

Comentando sobre o Filme Jogador Nº 1.


Em 2045 jogos e plataformas com realidade aumenta os VR's de hoje em dia, vão ter dominado a realidade. A internet que conhecemos hoje entrará em colapso em alguns anos, corporações monopolizando o mercado. Tudo será voltado para simuladores de realidade virtual (OASIS como é chamado). Entrar numa plataforma de jogos será a única opção de emprego exigindo conhecimento de vários console de épocas bem distintas tendo o domínio da cultura pop. Sua vida literalmente será imposta na quantidade que você possuir de créditos no OASIS. O mundo inteiro se encontra em uma única plataforma que tem infinitos ambientes para os diferentes tipos de jogadores. Ideal para alguém construir uma vida apoiando-se em seus avatares e codinomes nunca revelando sua verdadeira identidade e local onde se conecta. Feito para esquecer a realidade fatídica de cada um dos usuários do sistema. Esse é o magnífico mundinho de Wade Watts e assim passa maior parte de seu tempo entre o quase real e a realidade sórdida que nos oprime.

No filme Wade é um aficionado pelo criador da plataforma. Gasta maior parte do tempo conectado no OASIS, escarafunchando as nuances de James Halliday do porque o jogo ser tão especial e de quebra obter algumas dicas valiosas para evoluir mais rapidamente e assim gerando uma popularidade que ele jamais teria no mundo real.

Resumindo é um filme distópico, mas prestando atenção percebe – se não estamos muito longe desta realidade. Não vou negar que é mais um blockbuster, mas como sacadas pra lá de geniais. Destaque também para a trilha sonora que só tem músicas divinas dos anos 80.


domingo, 25 de março de 2018

Filhos de Nazistas - Os Impressionantes Retratos de Família da Elite do Nazismo por Tania Crasnianski.


Até 1945, seus pais eram considerados heróis. Depois da derrota alemã, ficou claro que eram carrascos. Gudrun, Edda, Niklas e os outros retratados neste livro são os filhos de Himmler, Göring, Hess, Frank, Bormann, Höss, Speer e Mengele, alguns dos principais responsáveis pelo horror nazista. Crianças ou adolescentes durante a guerra, eles a viveram sob a proteção de seus pais afetuosos e poderosos. Para eles, a queda do Reich foi um verdadeiro choque de realidade. Inocentes, inconscientes dos crimes de seus pais, descobriram então toda a sua extensão. Alguns julgaram e condenaram. Outros continuaram reverenciando esses homens execrados por toda a humanidade. Filhos de nazistas retrata a ascensão e o cotidiano, ao mesmo tempo extraordinário e banal, desses altos funcionários que realizavam diariamente seu trabalho de morte – e depois conviviam com suas famílias, instaladas por vezes ao lado dos campos de concentração e extermínio – e descreve as existências singulares de seus filhos ao se tornarem adultos: a queda, a miséria, a vergonha ou o isolamento.
Que laços eles mantiveram com seus pais? Como viver com um nome amaldiçoado pela História? Em que medida a responsabilidade pelos crimes é transmitida aos descendentes?