segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Resumo do livro: Quem é você Alasca? - John Green.

    A obra trata-se de adolescentes e suas vidinhas (lendo pode parecer sua autobiografia), mais especificamente de um garoto chamado Miles Halter, “Gordo”. E grupo de amigos que conseguira fazer no colégio interno Culver Creek. Lá Takumi, Lara, Chip (Coronel), e a inexplicável Alasca, e claro, Miles (Gordo), fizeram seus maiores trotes da história do internato. Nesse meio tempo entre estudos e brincadeiras, Miles, tenta desvendar quem é Alasca e porque tinha uma personalidade tão volúvel indo de impulsiva a misteriosa. O seu maior ouvinte e também companheiro de quarto era o Coronel. 
    Primeira constatação sobre Alasca: a velocidade em que ela sofre variações de humor é impressionante.
    Gordo esquecia-se, em alguns momentos, do dilema que o levara da Flórida até Birmingham, Alabama, onde ficava o internato Culver Creek, que era o “Grande Talvez”. Que até então era o impulsionava sua vida e sua paixão por célebres últimas palavras.   
    Na primeira saída com o grupo para o “buraco do fumo”, nas propriedades do colégio próximo a um lago. Segundo o Coronel, o reitor sr. Starner, codinome: Águia. Colocara um cisne no lago que era do filho do capeta, fora abusado ou coisa do gênero e não gostava de pessoas. O cisne foi posto na intenção de tentar coibir que os alunos fumassem no local.   

    A casa do Águia era bem próxima do lago dando um certo grau a mais de dificuldade, pelos menos era o que o Águia pensava. Contaram a Miles sobre a conduta de “não dedurar o colega quem quer que fosse” e isso era quase uma lei entre os alunos da Culver Creek. Miles decidiu ficar mais mais um pouco que o Coronel e os outros na esperança de talvez encontrar Alasca. Sobe um forte ataque de maruins e outros mosquitos deliberou a começar a fumar com base na teoria que a fumaça produzida os espantariam. Enjoado pelos cigarros quase voltando ao dormitório, eis que surge Alasca. 
    Conversaram sobre seus hobbies que eram colecionar últimas palavras e sobre Simón Bolívar. Miles ficou encantado com a quantidade de livros empilhados que vira no quarto dela outro dia e a filosofia que ela pregava: “como sairei deste labirinto?” Alasca contara sobre o trote da sala quatro em que ela e o Coronel cobriram o chão com bolinhas de gude.
    No dia seguinte Miles recebera as boas vindas do Águia que o olhou seriamente, o Olhar do Juízo Final. Uma coisa era certa, ninguém por lá importava-se com o colesterol, tinha todo o tipo fritura no refeitório inclusive legumes e um tal de “bufrito” (burrito de feijão frito). Ao experimentar o bufrito Miles, teve uma explosão gastronômica, nada se compara. O assunto que rolava era sobre dois ex-alunos que foram expulsos no semestre anterior, foram pegos no quarto de Alasca por quebra de conduta do instituto (chamado pelo Águia de contato genial). O internato tinha os mesmos grupinhos que uma escola comum isto é: populares, jogadores, geeks que odiavam populares...
    Miles, foi acordado durante a noite para o trote dos novatos, fora arrastado de cueca samba canção até a praia, enrolaram com fita adesiva e atiraram-no a água. Conseguira boiar até a superfície da praia artificial e desvencilhar-se da fita adesiva. Ele não queria voltar para o quarto então se encaminhou para o quarto de Alasca, que o recebeu com tanto desprezo que ele decidiu ir para o próprio quarto. O Coronel disse que todos já foram atirados na água quando eram calouros, mas, o detalhe da fita não estava nos planos e era só Miles apontar quem foram que ele e a Alasca iriam resolver da maneira em que eles realmente eram bons. De manhã mais um surpresa os tênis do Coronel foram mijados. As aulas as eram mais puxadas que imaginara como se não tivesse tido férias, estava exausto e adormeceu com lendo o livro de religião do sr. Hyde.
    Acordara aos gritos de Alasca: “acorda, meu gordinho!”
     Segunda constatação sobre Alasca: o grau de imprevisibilidade dela é incrível ( um ser que estudasse a mente dela merecia o premio nobel).
    Os dias passam e chega o dia do grande trote. O Coronel fez uma espécie de roteiro com todos cálculos de quanto cada parte deveria durar. O plano foi dividido em três frentes;
Primeira frente: pré - trote (distração);
Segunda frente: (operação careca) Lara tinha que invadir o território inimigo, Guerreiro de Dia de Semana;
Terceira frente: entrar no sistemas de dados da escola e enviar e-mails para os familiares de Kevin e Cia. Dizendo que serão reprovados em algumas matérias.
    O Coronel imprimira cronogramas individuais para garantir a sincronização.
      Naquela noite o “Grande Talvez” pairava suas cabeças.
    Depois de alguns todos já tinham assumido seus postos. Miles e Takumi eram a distração, o principio orquestral do plano. Na hora planejada começaram a acender os fogos e bombinhas a alguns metros de distância da casa do Águia e correram. Atravessaram o campo de futebol e entraram na floresta com ou nenhum senso de direção. Gordo caíra tantas vezes que pensou que o Águia estava alcançando-os.
O Águia estava furioso gritando pela floresta de pijama. No ataque adiante as bombinhas falharam tiveram que acender mais adiante fora de tempo. Quando a bombinhas acabaram de estourar, sentiram o Olhar do Juízo Final sobre eles. Corriam desembestados, no processo escorregavam por galhos, arbustos e árvores. Houve um pequeno de direção e saíram do lado oposto lago, indo ao campo aberto rumo a salas de aula. Chegando ao fim do lago Gordo viu cisne endiabrado nadando em sua direção, sem outro caminho atropelou o cisne que o mordera nas nádegas. Mancando como um canguru perneta e quase sem folego acendera mais bombinhas. A essa distância não ouviam mais o Águia, reduzindo assim o ritmo.
    Numa noite estagnada onde podia-se ouvir sua própria respiração ofegante, pararam para verificar os cortes e arranhões sofridos pela corrida desenfreada, riam da mordida que Miles levara. Quando chegaram ao local de destino encontraram Lara, logo depois o Coronel aborrecido e Alasca. Coronel queria saber como foi a parte de Lara, que segundo ela fizera tudo que estava no cronograma e ainda trocara o gel e o condicionador por tinta azul industrial. No último instante resolveu enviar para todos os Guerreiros de Dia de Semana o relatório de progresso, ouvindo isso Coronel teve um rompante dizendo que isso não estava nos planos. Gordo para aliviar a tensão pergunta ao Coronel como foi a sua parte, pois sabia que iria se gabar. A parte do Coronel era entrar no sistema usando o computador do sr. Hyde com a senha que vira digitar outro dia quando foi pegar o material do curso, e claro, foi realizado com sucesso. Terminaram a noite bebendo e vangloriando-se de tal feito. Dia seguinte passaram o tempo fazendo rap, com muita conversa mole e bebendo no celeiro que ficava nas propriedades de Culver Creek. Para tudo isso acontecer, cada um disse ao Águia, um destino diferente de onde e com quem estariam no fim de semana.
    Coronel acordou Gordo, à base de sacudidelas, tinham que marcar presença para o Águia, que felizmente não desconfiou de nada.
    Na madruga de terça, Miles, Chip, e Alasca, desafiavam-se no jogo de verdade ou consequência, depois os garotos adormeceram adormeceram bêbados e Alasca saíra do quarto. Um tempo depois voltou chorando desesperadamente dizendo que precisava sair do colégio naquele instante e para eles distraírem o Águia.
     Alasca, bateu a toda num carro de polícia a dez quilômetros de distância de Culver Creek. Miles e os outros se sentiam culpados de alguma forma. Não há culpados num suicídio, as vezes nem mesmo o próprio sabe o que está prestes a fazer. Muito menos Alasca Young. Com seu jeito intempestivo de ser e sua filosofia de Simón Bolívar.
     O sr. Hyde dera o trabalho com a pergunta da Alasca: “O que você – especificamente você – vai fazer para sair deste labirinto de sofrimento?”
     Miles e Chip, ficaram analisando cada fato que sucedera antes dela morrer (falaram com Jake, que era o namorado dela, foram na polícia, fizeram cálculos de quão bêbada estaria...). Queriam acreditar que o acidente fora porque dormira no volante por embriaguez, enquanto Takumi e Lara, já tinham feito as contas e aceitado que Alasca Young suicidou-se.
     No fim do semestre, já quase fazendo as malas, encontram um bilhete de Takumi, dizendo que estava magoado por terem o excluído-o da investigação que os dois Miles e chip fizeram. Lara foi embora um dia antes sem falar com eles.
     Os dois passaram um bom tempo até aceitarem a hipótese mais plausível, um suicídio, um ato rápido e impulsivo assim como Alasca Young.
 Obs: Ao escrever o resumo tentei pôr a mesma leveza e frescor que o autor. 

Podera gostar também de:Resumo do Livro: FALLEN - Lauren Kate

6 comentários:

  1. gostei muito do resumo, da sua forma de interpretaçao do classico quem e voce, alasca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alegara-me por ter gostado do meu trabalho!

      Excluir
  2. Depois do livro "Cidades de Papel" não li mais nenhum livro do autor... Achei interessante esse :)

    Fran
    www.acheierabisquei.com.br

    ResponderExcluir
  3. Amei esse livro...Amei dimais. 😍😍😍😍

    ResponderExcluir
  4. Achei o resumo um pouco falho. Primeiramente pode se citar partes do livro, mas ficar contando a história somente citando essas partes não se configura, pelo menos no meu ponto de vista, como um resumo. Da próxima vez tente falar o enredo do livro com suas palavras sintetizando a história de forma clara e, ao mesmo tempo, com uma certa complexidade que nos faça ficar mais interessados a ler.
    Não pense que estou tentando destruir o que você construiu, isto é apenas uma critica construtiva de alguém que pretende te ajudar a melhorar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela sua opinião! Quando fizer outro resumo prometo tentar por seu conselho em prática.

      Excluir

Ola pessoal, espero por suas opniões.
comentem!