quarta-feira, 30 de maio de 2012

Continuum - A Nova Série da Show Case.


A trama acompanha Kiera Cameron (Rachel Nichols), que é transportada do ano 2077 para 2012 com o intúito de perseguir um grupo de terroristas que voltam no tempo para escapar de suas execuções. Para conseguir alcançá-los, Kiera se junta à polícia e recruta a ajuda de um jovem gênio da computação (Eric Knudsen). 


terça-feira, 22 de maio de 2012

A ARTE DA NÃO CONFORMIDADE DE CHRIS GUILLEBEAU.

Se você já pensou que na vida tudo é possível e que ela pode oferecer muito mais a você, leia este livro.
Baseado no popular manifesto on-line de Chris Guillebeau, “A Brief Guide to World Domination”, A arte da não conformidade põe em xeque premissas comuns sobre a vida e o trabalho ao mesmo tempo em que mune o leitor de ferramentas para viver a vida em sua plenitude. Você descobrirá como viver seguindo suas próprias regras e explorar ideias como estabelecer metas radicais, trabalhar por conta própria, realizar viagens de maneira econômica (ou realizar outros sonhos e ainda de maneira econômica) e ver a vida como uma constante aventura. Com a inspiração e a orientação proporcionadas pela história do próprio autor e de outras pessoas que buscaram estilos de vida não convencionais, você poderá elaborar seu próprio plano para viver como realmente deseja – e ao mesmo tempo fazer do mundo um lugar melhor. 

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Resumo da Session Finale de The Vampire Diaries

Impressionante o final da terceira temporada de The Vampire Diaries! Fica-se desde o começo até os últimos segundos querendo saber como vai terminar, que foi de tirar o fôlego. A quarta temporada de TVD vai entrar no quinto livro (Anoitecer), onde Elena esta em forma de espirito (ou alguma coisa sobrenatural, sei lá um corpo astral talvez, isso não ficou muito claro no livro). Agora é só esperar a próxima temporada para ver no que ela se transformou. Na minha opinião ela se transformou em vampira já que ela tinha se afogado e ainda tinha o problema do desmaio, que causou hemorragia cerebral. No final ela acabou não escolhendo Damon ou Stefan. Julie Plec é cruel para os fãs, vamos ter que esperar meses e alguns episodios para saber.

sábado, 5 de maio de 2012

O Som do Silencio


Festas silenciosas têm feito à cabeça dos brasileiros e ganhado espaço em território nacional.
    Funciona assim: todo mundo de fone ouvido sem fio, cada fone pode ser sintonizado em três canais, cada canal tem discotecagem de um DJ, cada DJ toca um estilo diferente, simultaneamente, numa mesma pista de dança. Essa é a formula das chamadas “festas silenciosas”. Febre na Europa, esse estilo de balada tornou-se tendência mundial principalmente pelo projeto Silent Disco, criado no inicio dos anos 2000 pelo holandês Nico Okkerse.
    A Silent Disco ganhou fama em 2005 no festival inglês Glastonbury e dali se alastrou pelo mundo inteiro. Chegou as terras tupiniquins, em 2008, na virada cultural, com festas em frente ao mosteiro São Bento, onde foram distribuídos fones de ouvidos wireless para o público dançar ao som da discotecagem do próprio Okkersen.
    Adriana Lima (artista plástica e dona da boate Dama de Ferro, no Rio de Janeiro) conheceu estilo de festa em setembro de 2009, no festival Elletric Picnic, na Irlanda. Achou a ideia inovadora, adquiriu o equipamento por lá mesmo e importou o conceito da festa para o Brasil. Em 2010, criou o projeto Shh!! Silent Club que além dela conta como sócios os empresários irlandeses Conor Brady e Alex Brennan, e fornece o equipamento necessário para as casas que desejam realizar esse estilo de festa.
    “Começamos com esse projeto no meu clube, Dama de Ferro, no Rio. Depois fomos buscando parceiros para realizar a festa em outros lugares”, explica Adriana.
    Além do Rio de Janeiro, o projeto acontece em Porto Alegre, no clube Cabaret; em Recife, no RAWR; em Curitiba, no Wonka Bar; em fortaleza, no Meet Club; em Florianópolis, na 1007 Boite Chik... E a ideia é, gradativamente, levar o projeto para outras cidades brasileiras. Já foi realizado até no ar livre, na praia vermelha Rio de janeiro.
    Em São Paulo e Campinas, a casa a realizar esse  tipo de festa é a Sonique, a primeira parceira a abraçar o projeto, em 2010. De lá pra cá, foram mais de 20 edições, uma média de uma festa por mês. A próxima será realizada em 29 maio.
  

     A casa disponibiliza cerca de 350 fones de ouvido Bluetooth para quem quiser curtir o som comandado pelo DJ residente Click e convidados que se revezam nos três canais, transmitidos ao mesmo tempo. “Não crio setlist com antecedência. O esquema é ter muita música no computador e ir sentindo a vibe da festa, para tocar o que o público está a fim de ouvir”, comentar Click.
    A princípio, a festa pode causar certo estranhamento, mas é só colocar os fones que tudo faz sentido. “É hilária a cena. Fica cada grupo cantando um gênero diferente, uma canta The Killers, outro Lady Gaga, e um terceiro Mamonas Assassinas. Por ter três estilos bem diferentes, acaba atraindo um público variado”, conta Click.
    Quem está de fora pode achar que o uso de fones propicia um comportamento introspectivo, mas, na prática, acontece o contrário. O uso de fones de ouvido gera uma interatividade muitas vezes maior do que em baladas com som ambientes, pois as pessoas têm curiosidade de saber o que o outro está escutando.
    “A festa silenciosa é uma das mais animadas que realizamos. O legal dela é a interatividade e o viés participativo que a possibilidade de escolha dos três canais de música possibilita”, explica Beto Lago, sócio Sonique.



OBS: Para mim a ideia não é exatamente inovadora, o povo que talvez esteja se concientizando que: fazer barulho até altas horas é o cumulo da falta de educação.


espero sua opnião.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Livro: O Poder Dos Quietos da autora Susan Cain.

Com argumentos cativantes, uma extensa pesquisa e repleto de inesquecíveis histórias reais, "O poder dos quietos" mostra como os tímidos e introvertidos são subvalorizados, e como todos perdem com isso. Partindo da ascensão do Ideal da Extroversão no século XX, Susan Cain questiona os valores dominantes no mundo empresarial de hoje, no qual a colaboração forçada pode bloquear o caminho da inovação e no qual o potencial de liderança dos introvertidos é frequentemente negligenciado. De modo inspirador, a autora nos apresenta histórias de introvertidos de sucesso e oferece inestimáveis conselhos sobre como os tímidos podem tirar vantagem das suas características. Em "O poder dos quietos", Susan Cain contempla também as crianças introvertidas, em capítulo especial com dicas para pais e professores. Um livro extraordinário, que tem o poder de mudar para sempre a maneira como os tímidos e introvertidos se veem e, talvez mais importante, como as outras pessoas os veem.

Autor: Cain, Susan
Editora: Agir

Livro: Steve Jobs - o Homem Que Pensava Diferente.

"Seu tempo é limitado, então não perca tempo vivendo a vida de outra pessoa...” Steve Jobs, em discurso na Universidade de Stanford. Desde o início, seu caminho não foi previsível: Steve Jobs foi entregue para adoção ao nascer, largou a faculdade ainda no primeiro semestre e aos vinte anos criou a Apple, na garagem de seus pais com seu amigo Steve Wozniak. Rapidamente elevado ao topo da indústria, Jobs enfrentou todos os limites e cultivou o que virou a grande marca de sua genialidade – seu perfeccionismo e sua capacidade para inventar. Logo após alcançar o sucesso, porém, Jobs foi despedido de sua própria empresa. Sendo obrigado a recomeçar, ele atingiu um dos períodos de maior criatividade de sua vida. Com a Pixar, o IPod e o IPhone, Jobs revolucionou a indústria do cinema, da música e da telefonia. Sempre em busca da disciplina do corpo e da mente, lutou contra o câncer por quase uma década. Legendário CEO, fez o mundo desejar cada coisa que ele tocou. Karen Blumenthal conduz o leitor ao universo dessa grande e complicada personalidade, enquanto explora a evolução dos computadores e da tecnologia. Ilustrado com fotos, este livro conta a história de um homem que mudou o mundo.

Autor: Blumenthal, Karen
Editora: Novo Século - SP